NOTÍCIAS



NOV

01

2018
Os milhões do negócio da morte

Os milhões do negócio da morte

Abriu portas há 40 anos, com apenas quatro trabalhadores. Hoje, a Joriscastro quer conquistar os mercados nacional e europeu com caixões de qualidade e amigos do ambiente.


NOV

21

2015
ATÉ SEMPRE

ATÉ SEMPRE

Portugueses na Funéraire Paris 2015 (Fotogaleria)
Autor: Irene Palma


ABR

20

2011
BOAS NOTICIAS

BOAS NOTICIAS

Amarante: maior fábrica de caixões da península ibérica


MAR

26

2011
IONLINE

IONLINE

Quando começou no negócio das urnas, há mais de 30 anos, as fábricas, por tradição, não só construíam os caixões mas também tratavam dos funerais. Joaquim Castro, que agora é dono da maior fábrica do país e que em breve será a maior da Península Ibérica, tinha pouco mais de 20 anos e logo no primeiro dia de trabalho teve de fazer um funeral.